Segundo o TMZ, músico cometeu suicídio em residência na Califórnia (EUA). Músico tinha 41 anos.


Chester Bennington, vocalista da banda de rock Linkin Park, foi encontrado morto em uma residência privada em Palos Verdes Estates, na Califórnia (EUA), informa nesta quinta-feira (20) o site TMZ. Segundo a publicação, que cita fontes policiais, o músico cometeu suicídio. Ele tinha tinha 41 anos.

O cantor teria se enforcado no local. Seu corpo foi encontrado nesta quinta, pouco antes das 9h locais, de acordo com o TMZ. Chester era casado e tinha seis filhos.

Bennington lutou por anos contra drogas e álcool. Ele disse em uma entrevista no ano passado que já havia pensado em suicídio porque foi abusado quando criança, por um homem mais velho.

Ainda conforme o TMZ, o músico era muito próximo de Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave, que morreu em maio – também em um suicídio por enforcamento, segundo médicos legistas.

O Linkin Park teve seu auge no início dos anos 2000, com os álbuns “Hybrid theory” e “Meteora”. Na época, o grupo emplacou seu rock com influência de rap e metal em paradas de sucessos, com músicas como “Faint”, “In the end”, “Crawling” e “Numb”.

Chester Bennington em show do Linkin Park em Los Angeles, em 201 (Foto: Divulgação)

Chester Bennington em show do Linkin Park em Los Angeles, em 201 (Foto: Divulgação)

Chester Bennington (Foto: Reprodução/Twitter)

Chester Bennington (Foto: Reprodução/Twitter)

Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, que mostrou novo disco no SWU (Foto: Flavio Moraes/G1)

Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, que mostrou novo disco no SWU (Foto: Flavio Moraes/G1)

fonte: g1.com