Vocalistas do System of a Down e do Soundgarden estiveram juntos em evento no mês passado
Uma reportagem publicada no site da revista “Rolling Stone” ouviu uma série de pessoas próximas ao cantor e compositor Chris Cornell para tentar desvendar o que aconteceu nas semanas que antecederam sua morte — no último dia 18, o vocalista do Soundgarden foi encontrado morto no chão do banheiro de seu quarto de hotel. A perícia informou que ele se suicidou por enforcamento.

Um dos personagens citados é Serj Tankian, vocalista do System of a Down, que sentou-se ao lado de Cornell na festa de 70 anos de Elton John, realizada no fim de março, em Los Angeles. Segundo Tankian, os dois tiveram uma longa conversa sobre compor para o cinema e sobre a ideia de Cornell de fazer shows com orquestras.
Em certo ponto, o assunto turnês veio à tona. Enquanto Tankian dizia que ainda achava divertido, mas sem grandes novidades, Cornell dizia o contrário:
“Estou realmente empolgado. Estou fazendo essa turnê com o Soundgarden. E eu tenho essas outras ideias”, disse para o amigo. “Ele tinha planos, cara”, lamentou-se o vocalista do SoaD.
Eles voltariam a se ver algumas semanas depois, na première do filme “A promessa”, drama histórico sobre o genocídio na Armênia para o qual ambos escreveram músicas que foram incluídas na trilha sonora.
“Ele estava ótimo, falando com a imprensa, lutando por aquele projeto”, lembra Tankian. “Chris era um desses caras que tentam fazer todos na sala se sentirem confortáveis. Ele era generoso nesse nível, com suas emoções e seu tempo”.

Uma semana depois, no dia 19 de abril, Cornell apresentou a música “The promise”, que escreveu para o filme, no programa “The tonight show”. Estavam com ele Matt Cameron, baterista do Soundgarden, e o produtor Brendan O’Brien no violão. O’Brien produziu “Higher truth” (2015), último disco solo de Cornell, e esteve com ele em ensaios recentes para um possível álbum de covers.

fonte: oglobo.com