Green Day em Curitiba

A chuva deu uma trégua e permitiu que 15 mil pessoas assistissem um dos melhores shows que já Curitiba já viu, o da banda Green Day.
Os californianos se apresentaram neste domingo na Pedreira Paulo Leminski e levou os fãs ao delírio.  A banda criou momentos de diversão pura e interagiu com o público de maneira tão próxima que ficamos íntimos logo no primeiro acorde.
O esquenta foi com a californiana The Interrupters, que com um repertório bacaninha passeando entre o ska e o punk, agitou a galera e pontualmente às 19hs, o Green Day sobe ao palco e dali em diante, a nostalgia se misturou com a empolgação, ambas regadas a uma qualidade musical que poucas bandas ainda mantém.
O show que teve de tudo, das clássicas “Basket Case” e “Boulevard of Broken Dreams” às novas canções do álbum mais recente “Revolution Radio”.
E entre todas as canções, vinham surpresas: mensagens positivas de engajamento, pela paz, de respeito ao próximo, de acreditar em si mesmo. Uma aproximação com o público como poucas bandas conseguem!
Uma fã sobe ao palco e canta um trecho de uma canção junto com Billie Joe, o guitarrista e vocalista do grupo. Um pouco mais tarde, um menino de uns 12 anos também sobe ao palco e toca um solo de guitarra que faz a plateia ir abaixo e ainda participação de brasileiro na sanfona, o saxofonista manda um “Garota de Ipanema” pra logo depois o baterista Tré Cool, aparecer vestido de passista de escola de samba.
E isso tudo, intercalado de declarações de amor de Billie Joe que carregou a bandeira do Brasil e mandava beijos a todo momento para Curitiba. Foi como se tivesse nos acolhido!
Um show perfeito! De energia perfeita! De deixar o público realmente feliz, com a alma lavada pra dormir seu sono de criança, suspirando e com aquela risadinha de canto de boca.