O guitarrista Richie Faulkner confirmou, em entrevista à Ultimate Guitar, que o Judas Priest vai gravar um novo álbum de estúdio. Ainda segundo o músico, o trabalho que dará sequência a “Firepower” (2018) contará com o envolvimento do também guitarrista Glenn Tipton (foto abaixo), afastado das turnês após um diagnóstico considerado avançado de Mal de Parkinson.

“Glenn tem alguns desafios físicos com o Parkinson, mas no que diz respeito a ideias e criatividade, ele ainda é um gigante em termos de criar e em como enxerga a música, os riffs e as melodias. Ele é um músico único”, afirmou Faulkner (foto abaixo), durante o bate-papo.

O músico comentou, ainda, que o ambiente mais tranquilo do estúdio fará com que o veterano colega de banda tenha um desempenho melhor. “O ambiente de estúdio é mais relaxado em termos de tempo. Glenn teve que abandonar as turnês. Quando se toca para 10 mil pessoas, você só pode tocar uma vez e de forma correta. No estúdio, se houver desafios nesse sentido, há mais tempo para repetir em busca de um take melhor. O tempo está do nosso lado em estúdio. Glenn está muito envolvido no processo criativo e estará muito envolvido na criação do novo disco, sem dúvidas”, disse.
Glenn Tipton foi diagnosticado com Parkinson há cinco anos, após ter sido acometido pela doença quase uma década antes. Ele não deixou a banda: apenas se afastou das turnês, sendo substituído por Andy Sneap, mas também faz participações ocasionais em shows.
Fonte: Site Whiplash

Ouça a 91 ROCK