Depois de 3 casos de coronavírus na região, organização trabalha com a possibilidade do adiamento

A organização do festival ainda luta para manter as datas originais. Ocorre que, como contou o Los Angeles Times, surgiram recentemente 3 casos de coronavírus na região de Indio (Califórnia) onde o evento acontece todos os anos. O Vale do Coachella ainda receberia um torneio de tênis a partir desta segunda (9), o qual também foi cancelado.

Por isso, a produção já trabalha com a possibilidade de remarcar o Coachella para Outubro. Mais especificamente, a ideia seria realocá-lo entre os dias 9 e 16 do décimo mês, com tempo suficiente para sanar a crise. A informação foi dada pelo jornalista Yashar Ali (New York MagazineThe Huffington Post) no Tweet disponível abaixo e publicada na Metal Injection.

O extenso e aguardado line-up para a edição deste ano do evento deve ser mantido mesmo se houver adiamento, segundo Ali. Os headliners são Rage Against the MachineTravis Scott e Frank Ocean  Pabllo Vittar e Anitta também estarão por lá.

De toda forma, seria um impacto sem precedentes na indústria de festivais. Tal impacto já vem sendo sentido com o cancelamento de eventos como o SXSW e o Ultra Music, gigantes dentro de seus nichos, mas uma mudança de data do Coachella teria proporções bem mais drásticas.

Fonte: http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/