Outras mudanças mostram que a rede social está investindo pesado nas transmissões ao vivo

As lives estão tomando conta do mundo do entretenimento durante o período de pandemia, e até o momento grande parte dos artistas tem feito projetos voltados à caridade. Uma das plataformas mais usadas para isso tem sido o Facebook, que anunciou recentemente uma série de medidas voltadas a essa tecnologia.

Como contou a Loudwire, as mudanças incluem uma possibilidade de assistir ao conteúdo ao vivo sem ter uma conta da rede social. Além disso, também será possível ouvir apenas o áudio das transmissões — caso sua internet não esteja conseguindo transmitir o vídeo, por exemplo, ou se preferir ouvir uma sessão de perguntas e respostas como se fosse um podcast.

Por fim, e talvez mais importante, a plataforma também irá permitir que os artistas (ou professores e quaisquer outros que estejam fazendo lives) cobrem pelas transmissões. A ideia é justamente monetizar essa forma de entretenimento de forma a compensar a ausência de renda por parte de músicos e outros profissionais da área.

Da mesma forma, a ferramenta poderá servir para facilitar a arrecadação de doações e sem dúvidas deve fazer com que o Facebook passe a ser utilizado com mais frequência para transmissões.

Fonte: www.tenhomaisdiscosqueamigos.com